Oficina Brasil


VW Saveiro Cross 2016 luzes de advêrtencia acessas no painel

O utilitário, equipado com motor MSI 1.6 16v Flex, chegou à oficina com a reclamação de estar com a luz de EPC (controle eletrônico de potência) acesa no painel

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

DIAGNÓSTICO

Como o veículo apresentava uma luz de advertência no painel, o reparador sabia que a melhor maneira para iniciar o processo de diagnóstico seria acessando a ECU via scanner automotivo, para assim verificar a existência de DTCs na memória que poderiam lhe nortear quanto aos procedimentos seguintes. 

Como previsto, encontrou dois códigos gravados, um referente a falha no TBI e o outro referente a falha no pedal do acelerador.

Sem perda de tempo, seguiu realizando testes tanto no TBI, como sinal dos potenciômetros 1 e 2 e sinal PWM de controle da borboleta, como no pedal do acelerador, em especial, teste de seus potenciômetros, ambos os componentes foram testados com o uso de osciloscópio, porém não encontrou nenhuma anormalidade.

Como não via mais nenhuma possibilidade, o profissional acessou o Fórum Oficina Brasil, e abriu um tópico referente a seu caso, explicou detalhadamente todos os sintomas bem como os testes que já havia realizado, para que seus colegas reparadores pudessem assim lhe auxiliar na solução deste problema.

O primeiro reparador informou que em sua oficina não havia históricos de veículos desse modelo com problemas no pedal do acelerador, em contrapartida, salientou que esse modelo equipado com o motor EA 211 da Volkswagen está apresentando o seguinte defeito:  O líquido de arrefecimento, sob pressão do sistema, consegue penetrar no sensor de temperatura defeituoso, vazar pelo conector do chicote elétrico, e fluir por seu conduíte até a ECU, danificando-a internamente. 

O colega do Fórum ainda chamou a atenção para a necessidade da confirmação dessa anomalia, pois se estiver ocorrendo, fechará curto em algum dispositivo 5v do sistema. 

SOLUÇÃO

Após ler com atenção a contribuição do colega, o reparador prontamente analisou com mais critério o sensor de temperatura do líquido de arrefecimento e constatou que o componente defeituoso permetia a passagem de  água por seu interior, indo em direção ao módulo da injeção atráves do chicote elétrico.

Realizou a substituição do sensor de temperatura, trocou o módulo de injeção e o defeito foi solucionado. 

Comentários